segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Votos

Eu sempre imaginei o que eu diria no dia em que fossemos nos casar. Sempre imaginei o que eu diria que ainda não havia dito. Sempre imaginei o que eu diria que não seria óbvio demais ou clichê demais. Sempre imaginei o quão emocionada eu estaria e o quanto iria fazer de tudo pra não demonstrar. Sempre imaginei palavras bonitas, mas que você nunca tivesse escutado. Sempre imaginei palavras eternas. Sempre imaginei palavras que traduzissem pra qualquer coração o que o meu sente por você. Sempre imaginei.
E hoje eu saberia exatamente o que dizer. Hoje eu saberia dizer o que você nunca ouviu. Hoje eu saberia traduzir em palavras o intraduzível. E quem sabe um dia você não escute essas palavras. Quem sabe um dia o mundo não escute o que só meu coração ouve. O que só meu coração sabe. Quem sabe?

E se eu soubesse, teria ido embora antes do fim. E então eu nunca teria ido. Não existe fim para o que ainda não começou.

Nenhum comentário: