sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Quem foi que disse que não existe vida após a morte?


Seu coração voltou a pulsar com tamanha intensidade, que a escuridão que inundava seus olhos a pouco, já não existia mais. No início foi um pouco difícil controlar a força do ar que passava com fúria por seus pulmões. O sangue novamente circulando por cada arteria seca e preenchendo todo seu corpo vazio e frio, o tornando completo e quente. Estava realmente viva. Tão viva quanto estava antes de morrer e foi a melhor escolha que poderia ter feito como ultimo pedido. Um segundo e o mundo voltou a girar.

Um comentário:

David Parker disse...

Será que a tentativa da suicida não deu certo? Ou o além é tão parecido assim com o ordinário planeta solitariamente habitado????

(saudadee docê =D
Tè que enfim um post novo!!! MARA!)