quarta-feira, 9 de julho de 2008

E ele passa...


É engraçado como o tempo e a distância, mesmo nem sendo tão longa assim, afastam as pessoas. Estivesse pensando no quanto se perde. No quanto é deixado pra trás sem perceber. E no quanto as insignificâncias fazem falta. É engraçado também como as pessoas ou não dão a mínima para as irrelevâncias que as fazem mais felizes ou vivem para tentar encontra-las ou recupera-las, algumas muitas vezes sem sucesso. Mas o que mais chama atenção em tudo isso é que não importa o quão bom seja um momento, ele vai acabar. Assim como as pessoas, mais cedo ou mais tarde, vão se afastar. Vão procurar em outros lugares ou em outras pessoas o que julgam ser necessário para se sentirem completas. E a distância vai ser maior. O tempo vai esquecer. E a vida vai continuar. E um dia, um dia qualquer como o de hoje, quando resolver arrumar algumas de suas coisas, muito provavelmente você vai encontrar as recordações da sua vida. E vai se sentir pequeno diante das lembranças. E vai perceber que os dias mais importantes ou quem sabe os mais alegres, foram jogados em uma caixinha qualquer, esquecida no fundo do armário. E vai sorrir e ao mesmo tempo vai sentir seus olhos umedecerem ao ver aquela fotografia engraçada. E vai se perguntar se esse é o sentido da vida, se no fim, tudo vai mesmo parar dentro de uma caixinha, esquecida no fundo de algum lugar. E vai querer pegar tudo que era seu, de volta. E vai tentar reencontrar as pessoas, visitar novamente os lugares que te marcaram. E por um instante, vai ter a sensação de que tudo voltou a ser como antes (com a diferença que agora você tem alguns sinais de expressão a mais) e que você não precisa mais daquela caixinha, aquela que te fez sorrir e chorar, para reviver os seus momentos. E daí, vai se sentir feliz e vai continuar vivendo. E o tempo vai passar e esquecer. Se não fosse pelo espelho, você não iria nem sentir. Até que em algum outro dia qualquer, você vai encontrar de novo a caixinha e vai ter certeza do sentido da vida.

Um comentário:

Dr:Jonata disse...

Muito bom, infelizmente muitas lembranças acabam sendo esquecidas dentro de uma caixa. Mas o que vale, sao os momentos maravilhosos dessas lembranças que sempre vamos carregar no caracao....!
Bjao! Super nota 10 sua postagem !