quarta-feira, 7 de maio de 2008

Há momentos em que acreditamos que somos inatingíveis. Ou pelo menos um pouco... É uma pena que momentos assim durem quase nada.

Nenhum comentário: